Anoreg RS

Responsabilidade Social é tema da terceira capacitação do projeto Cartório Cidadão Solidário

Nesta quinta-feira (25.08) foi realizada a terceira capacitação do projeto Cartório Cidadão Solidário, com o tema “Responsabilidade Social”. A inciativa é uma promoção da Associação dos Notários e Registradores do Estado do Rio Grande do Sul (Anoreg/RS) e do Fórum de Presidentes das entidades notariais e registrais gaúchas, executada pela Fundação Semear.

O objetivo dessa capacitação foi mostrar a importância de integrar a responsabilidade social à estratégia dos cartórios, gerando valor aos negócios e principais stakeholders, e disponibilizar conhecimento para uma gestão adequada da Responsabilidade Social Empresarial.

As facilitadoras da capacitação foram Helena Ieggli Thomé, que atua como relações públicas e é gestora social da Fundação Semear, e Márcia Bernardes, jornalista.  Helena Thomé possui Curso de Extensão Movimentos Sociais no Brasil: história e desafios pela Universidade da Cidadania da UFRJ. Conta com experiência de 30 anos com desenvolvimento, execução, monitoramento e avaliação de projetos sociais e de responsabilidade social em empresas, setor público e organizações do terceiro Setor. Já Márcia Bernardes é pós-graduada em história, mestra e doutora em Ciências da Comunicação, pós-graduanda em Direitos Humanos, Responsabilidade Social e Cidadania Global, com experiência de 20 anos em comunicação na área social, pesquisa, assessoria e desenvolvimento de projetos sociais e empresariais. Atuou em organizações do terceiro setor como Fundação Semear e Proame Cedeca, em projetos privados e governamentais. Também atua na área acadêmica.

A assessora de Comunicação e Articulação da Fundação Semear, Márcia Bernardes, destacou essa ser mais uma capacitação de inciativa do projeto Cartório Cidadão Solidário, promovido pela Anoreg/RS e o Fórum de Presidentes. “É um imenso prazer compartilhar um pouco dessa caminhada que temos nessa área e ouvir as histórias de vocês”, disse Márcia.

O conteúdo abordou a responsabilidade social; o investimento social privado; as dinâmicas de projetos socialmente responsáveis; as práticas para implementação de responsabilidade social nos cartórios; as ações sociais em parceria; e o espaço para escuta, diálogo e perguntas.

“Agradeço muito a todos vocês, tenho certeza que o trabalho vai ser muito bacana, e os resultados mais legais ainda. Parabéns a vocês que já estão realizando as atividades e àqueles interessados em fazer que estão aqui hoje”, apontou a gestora da Fundação Semear, Helena Thomé.

Sobre o projeto

O Cartório Cidadão Solidário é um projeto social de notários e registradores do Rio Grande do Sul, pensado a partir da percepção da importância do papel cidadão das serventias. É um projeto inovador e tem o mérito de levar para toda a categoria o fomento da prática da responsabilidade social, a possibilidade de qualificar as ações existentes e a disponibilização de conhecimento sobre as temáticas. É uma iniciativa que fortalece os cartórios e registros, aproxima as serventias da comunidade onde estão inseridas, promove melhoria da qualidade de vida e, acima de tudo, fortalece a cultura da participação social, que transforma realidades e promove o desenvolvimento social.

Entre as ações do projeto está a realização de capacitações sobre temas relacionados com a prática social. Os eventos são gratuitos e voltados para a categoria extrajudicial e demais interessados no tema.

Ainda não faz parte do projeto? Então faça a adesão clicando neste link.

Fonte: Assessoria de Comunicação