Anoreg RS

Presidentes das Anoregs estaduais destacam a importância e as vantagens do prêmio Nacional das Anoregs (PNA)

As inscrições para a 2º edição da premiação já estão abertas

 

Estão abertas as inscrições para o 2° Prêmio Nacional das Anoregs (PNA). Todas as 27 Anoregs da federação podem participar agendando as auditorias até 1º de outubro de 2022, através do e-mail [email protected].

 

As Anoregs vencedoras no ano passado destacam a importância e as vantagens do prêmio para as instituições.

 

A Associação dos Notários e Registradores do Ceará (Anoreg/CE) foi vencedora nas categorias Melhor Anoreg Nordeste e Anoreg Diamante do PNA no ano passado. Para o presidente interino da Anoreg/CE, Cícero Mazzutti, “estas vitórias demonstram que perseverança e dedicação levam a recompensa. A diretoria da Anoreg/CE conseguiu demonstrar sua competência e dedicação à classe, com zelo aos associados, à entidade e no atendimento à população, onde temos hoje canais para atendermos não somente aos colegas, mas a população.”

 

“O maior benefício que podemos ter é o reconhecimento das coirmãs da excelência da condução e atuação da entidade. Podermos ostentar estes resultados é valorizar a nossa atividade e a nossa entidade junto aos associados, e principalmente junto a sociedade”, destacou Cícero. “O prêmio fica na estante, o benefício vai para todos que procuram esta casa de notários e registradores e sabem que estão em um local que preza pela qualidade”, concluiu.

 

A Associação de Notários e Registradores do Amazonas (Anoreg/AM) foi uma das vencedoras nas categorias Melhor Anoreg Norte e Anoreg Diamante. Para o presidente da entidade, David Gomes David, as vitórias são “o resultado de ações conjuntas realizadas com dedicação, comprometimento da diretoria e de todo time Anoreg/AM realizadas em prol da classe.”

 

David destacou que o PNA trouxe “maior visibilidade das atividades da associação para a sociedade e para o serviço extrajudicial.”

 

Já a Associação de Notários e Registradores de Minas Gerais (Anoreg/MG) foi uma das vencedoras na categoria Ouro. O presidente da entidade, Ari Álvares Pires Neto, em entrevista para a Anoreg/BR, afirmou que a vitória na categoria Ouro motiva a entidade a aumentar seus esforços “para que no próximo ano alcancemos a categoria Diamante”. Afirma ainda que “o benefício maior desse prêmio é a visibilidade institucional perante os demais poderes constituídos, em especial junto ao Poder Judiciário”.

 

O presidente da Anoreg/MG acredita que a classificação da entidade “está diretamente relacionada à prestação de serviços ao associado, tais como a assessoria jurídica, o plano de saúde e os cursos de aprimoramento realizados pela Anoreg/MG”.

 

“A maior inovação deste ano são os encontros regionais presenciais que já estão sendo realizados visando o aprimoramento dos colegas, quanto as novas obrigações legais em especial a LGPD”, afirmou.

 

A Associação de Notários e Registradores da Paraíba (Anoreg/PB) e a Associação de Notários e Registradores de Pernambuco (Anoreg/PE) também foram vencedoras na categoria Ouro. Na ocasião, a entidade pernambucana era presidida pelo tabelião Germano Carvalho Toscano de Brito. Em entrevista à Anoreg/BR, Germano afirmou que o principal benefício da conquista “foi provocar nosso enquadramento no universo da qualidade. Foi uma sacudida, uma balançada para nos acordar para uma nova realidade.” Para ele, outro benefício foi a possibilidade de “conhecer mais de perto as regras de compliance e de compreender e aproximar da qualidade, no que diz respeito ao seu funcionamento e ao atendimento dos notários e registradores, associados ou não.“

 

Atualmente a Anoreg/PB é presidida pelo tabelião Carlos Ulysses Neto.

 

Já a Anoreg/PE, na ocasião da premiação, era presidida pela tabeliã de notas e protesto de na de Camaragibe, Recife (PE), Eva Tenório de Brito Papaléo, e segundo ela, o maior benefício trazido pelo PNA “foi a elevação da nossa autoestima, a confiança e a credibilidade de que estamos no caminho certo, além de uma maior visibilidade e reconhecimento do nosso trabalho por parte dos associados, das autoridades locais e da sociedade em geral.”

 

Atualmente a Anoreg/PE é presidida pela tabeliã Alda Lúcia Soares Paes de Souza.

 

O presidente da Associação de Notários e Registradores do Rio Grande do Sul (Anoreg/RS), João Pedro Lamana Paiva, afirmou que o PNA “traz o desafio de fazermos uma autoanálise para, assim, chegar ao diagnóstico de quais são as mudanças que devem ser implementadas em prol da permanência no caminho da excelência. Dessa forma, participar da premiação nos traz unicamente benefícios, pois é somente fora da zona de conforto que alcançamos novos horizontes na busca de maior qualidade, eficiência e segurança para a sociedade.” A entidade gaúcha foi vencedora nas categorias Melhor Anoreg Sul e Anoreg Diamante.

 

A Anoreg vencedora nas categorias Melhor Anoreg Sudeste e Anoreg Diamante foi a Associação de Notários e Registradores do Estado do Rio de Janeiro (Anoreg/RJ). Em entrevista à Anoreg/BR, o presidente da Anoreg/RJ, Renaldo Andade Bussière, afirmou que os dois prêmios conquistados representam o reconhecimento da entidade “como uma Associação proativa, de cooperação com as demais entidades de classe, que desenvolve projetos sociais e parcerias em prol da sociedade civil do Rio de Janeiro.”

 

O presidente afirmou ainda que o Prêmio Nacional das Anoregs confirma “que os projetos de inovação, tecnologia, compliance e sociais devem fazer parte do escopo de uma associação que representa os serviços extrajudiciais.”

 

A Anoreg vencedora nas categorias Diamante, Melhor Anoreg do Centro-Oeste e PNA de Excelência foi a Associação de Notários e Registradores do Estado de Mato Grosso (Anoreg/MT). Para a presidente da entidade, Velenice Dias de Almeida, a vitória em três categorias do Prêmio Nacional das Anoregs “representa o coroamento de todo empenho e dedicação voltados à qualidade” da Anoreg/MT.

 

“Pensamos em gestão de qualidade como forma de buscar padrões elevados de satisfação tanto dos nossos associados quanto dos nossos usuários. Isso nos permite melhorar o ambiente interno, otimizar o tempo com os processos e procedimentos, aperfeiçoar nossos produtos e serviços. Graças ao valoroso trabalho de todos (diretoria, associados e colaboradores) conseguimos chegar ao topo”, afirmou.

 

Sobre o prêmio

A premiação é uma iniciativa da Associação dos Notários e Registradores do Brasil (Anoreg/BR) que tem como objetivo estimular as Anoregs Estaduais na busca pela excelência na gestão e no planejamento, na organização administrativa, sistematização e disseminação das informações e produtividade, sob a ótica da prestação de serviços notariais e registrais.

 

O PNA possui cinco Eixos Temáticos: Governança, Inovação, Continuidade do Negócio e Compliance, Socioambiental, Qualidade, e Dados e Tecnologia, que podem ser conferidos com detalhes aqui. A avaliação através destes eixos permitirá identificar as melhores práticas e ações implementadas e promovidas entre os associados das entidades, representantes do Sistema dos Serviços Notariais e Registrais do País, sob a ótica complexa de questões fundamentais de organização e desempenho.

 

Para cada um dos requisitos a serem avaliados, disponíveis na checklist oficial, é atribuído um valor de pontuação. O Eixo Governança possui 27 requisitos e representa 40% da pontuação; Eixo Inovação, Continuidade do Negócio e Compliance contempla cinco requisitos, sendo 10% da pontuação; Eixo Socioambiental, com quatro requisitos, representa 10% da pontuação; Eixo Qualidade tem nove itens e corresponde a 25% da pontuação; já o Eixo Dados e Tecnologia é composto por cinco requisitos, que representam 15% da pontuação. A pontuação total da entidade será calculada pela soma dos pontos alcançados nos requisitos dos cinco Eixos do Prêmio.

 

Assim como na 1º edição, as auditorias poderão ser realizadas de forma presencial ou remota, ficando a critério de cada uma das Anoregs no ato da inscrição. A auditoria remota é aquela realizada utilizando aplicativos de conferência remota, que combina videoconferência, reuniões online, bate papo e colaboração móvel e abrange tudo que uma auditoria presencial incluiria. A auditoria independente do prêmio será coordenada pela APCER Brasil, empresa do Grupo APCER, organismo referência no setor de certificação.

 

Os participantes serão avaliados conforme os requisitos estabelecidos na checklist, disponibilizada aos inscritos. Serão premiados os que melhor oferecerem qualidade, eficiência e participação para os associados.

 

Premiação

O Prêmio Nacional das Anoregs será concedido obedecendo aos seguintes critérios:

I – PRÊMIO DE EXCELÊNCIA: a melhor ANOREG estadual, que será atribuído para a entidade que obter a maior pontuação.

Nota para critério de desempate: melhor pontuação em 1. Governança 2. Qualidade 3. Dados e Tecnologia 4. Inovação, Continuidade do Negócio e Compliance 5. Socioambiental.

II – PRÊMIO MELHOR DO ANO POR REGIÃO: a melhor ANOREG estadual entre as demais da sua região geográfica, que será atribuído apenas para a entidade que obter a maior pontuação.

Nota para critério de desempate: melhor pontuação em 1. Governança 2. Qualidade 3. Dados e Tecnologia 4. Inovação, Continuidade do Negócio e Compliance 5. Socioambiental.

III – Prêmio Categoria Diamante: será conferido às ANOREGs que obtiverem a pontuação entre 80 e 100 pontos.

IV – Prêmio Categoria Ouro: será conferido às ANOREGs que tiverem entre as 60 e 79 pontos.

V – Prêmio Categoria Prata: será conferido à todas as demais ANOREGs participantes

 

Divulgação

Os resultados serão disponibilizados no site da Anoreg/BR, na revista da categoria de circulação nacional, e através dos canais de comunicação da entidade. A entidade nacional enviará aos premiados, no e-mail cadastrado no ato da inscrição, o selo da premiação, para divulgação nos canais de comunicação, como forma de divulgar a obtenção do prêmio.

 

A Anoreg/BR encaminhará ao Conselho Nacional de Justiça e aos Tribunais de Justiça ofícios comunicando os resultados do 2° Prêmio Nacional das Anoregs, de forma a promover o reconhecimento das ações empreendidas pelas Associações participantes.

 

 

Fonte: Assessoria de comunicação – Anoreg/BR